O homem apontado como o suposto ex-namorado do humorista Francisco Igor Albino Furtado, de 32 anos, que interpretava a personagem Picolina, prestou depoimento na Delegacia da Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa, na tarde desta segunda-feira (27). De acordo com o delegado Márcio Gutierrez, ele negou que tivesse qualquer relacionamento com a vítima.

“Na verdade, ele negou o relacionamento, mas a gente tem, em outros depoimentos que, num passado, há alguns anos, eles mantiveram, sim, um relacionamento de curta duração” declarou Gutierrez.

O delegado contou que o homem, cuja a identidade não foi revelada, afirmou ter encontrado com o humorista no dia 11 de maio, um dia antes dele ser assassinado.

“Ele disse que esteve com o Francisco no sábado (11) anterior ao crime e que depois disso não viu mais. Saíram, foram em uma apresentação em que ele participou e depois disso não teve mais contato com ele” finalizou.

Para a polícia, ainda é muito cedo para apontá-lo como suspeito do crime. Gutierrez disse que ele foi ouvido na condição de testemunha, por aproximadamente uma hora, mas que as histórias contatadas também serão checadas e aprofundadas. Outras possibilidades para o crime também serão investigadas, como um possível roubo seguido de morte. 

Com informações do R7

Relembre o caso

O humorista Francisco Igor Albino Furtado, mais conhecido como “Picolina”, foi encontrado morto em sua casa, na Barra do Ceará, na noite desta quarta-feira (15).

Segundo informações, vizinhos chamaram a polícia depois de sentirem um forte cheiro saindo no local. O corpo de Francisco Igor encontrava-se em estado avançado de decomposição. A Polícia informou que Picolina foi encontrada ensanguentada dentro de uma rede com várias perfurações a faca.

Ainda de acordo com a Polícia, é provável que o humorista tenha morrido três dias antes do achado de seu cadáver. 

(Via Portal CNews)

Anúncios