Guarany celebrou a conquista do vice-campeonato cearense

Depois de um início de campeonato em que frequentou a zona de rebaixamento, o Guarany de Sobral se reergueu, chegou à final do Campeonato Cearense e vendeu caro a perda do título para o Ceará. O novo empate em 1 a 1, ontem, na Arena Castelão, garantiu o título ao Alvinegro, mas manteve o Cacique do Vale confiante no trabalho que vem realizando.

A tristeza dos jogadores e comissão técnica após o apito final era grande, mas todos fizeram questão de destacar a boa campanha. O técnico Argeu dos Santos disse que o título do Vovó foi resultado de uma vantagem conseguida ao longo do campeonato e não nas duas partidas finais: “Esse resultado (o título do Ceará) foi em cima da vantagem de jogar pelo empate”. Mas “a equipe foi guerreira, lutou bastante e fez uma grande partida”, acrescentou o técnico.

O “imperador” Luiz Carlos, autor do primeiro gol do jogo, também ressaltou a postura do Guarany, que “honrou a camisa do Interior”. O camisa 19 do time sobralense concordou com o técnico Argeu ao lembrar que a vantagem do empate foi o que permitiu o título do Ceará, e ainda alfinetou o título alvinegro: “Foi campeão, mas não ganhou da gente”.

O time sobralense venceu os dois jogos em que enfrentou o Ceará na fase classificatória. O jogo na Arena Castelão foi 2 a 1 para o time de Sobral e, no Junco, o resultado foi 3 a 2. Nas finais, dois empates em 1 a 1.

Para o goleiro Eliardo, um dos principais destaques da equipe rubro-negra com defesas salvadoras, o time sai de cabeça erguida. “Oscilamos muito durante o campeonato e o Ceará é um time grande, sabíamos que não podíamos vacilar”.

O goleiro disse que agora é hora de seguir em frente: “Temos que trabalhar e focar no início do Campeonato Brasileiro”. Este ano, a equipe de Sobral volta a disputar a Série D, após o rebaixamento do ano passado, mas busca repetir a campanha de 2010, quando conquistou o primeiro título nacional de um clube cearense.

O vice-campeonato estadual garantiu ainda ao clube uma vaga na Copa do Nordeste 2014.

 (Rebeca Cavalcante – Esportes O Povo)

Anúncios