No dia 1º de junho entra em vigor a nova tarifa para os usuários de transporte público de São Paulo. O anúncio foi feito nesta sexta-feira pelo governador Geraldo Alckmin (PSDB) e pelo prefeito da capital paulista, Fernando Haddad (PT). Os dois estiveram juntos na solenidade que oficializou nesta manhã o convênio que cede a área do Parque Esportivo do Trabalhador, localizado no Tatuapé, à prefeitura por 99 anos. 

Serão reajustadas as passagens dos ônibus, da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O novo valor será definido até o dia 25 de maio.

No entanto, o Sindicato dos Metroviários de São Paulo especula que a passagem do Metrô irá para R$ 3,40. Segundo os sindicalistas, a informação vem circulando na empresa desde fevereiro. Com um reajuste de 13,3%, o índice seria maior do que a própria inflação acumulada desde fevereiro do ano passado, que foi de 8,9%.

(Portal Terra)

Anúncios