Um dos nomes mais conhecidos do humor do Ceará, Picolina, foi encontrada morta. Nossa coluna homenageia ela. Conhecemos Picolina e encontramos com ela por diversas vezes. Antes de ganhar a mídia, ela já se apresentava em casas de shows voltadas para o público gay e tinha seus fãs. A pouca altura, voz diferente e desenvoltura divertida, a fizeram se destacar e chegar a televisão. Apoiada por Aurineide Camurupim, a pequena começou a fazer apresentações de humor e ampliou seu público.

Teve difíceis momentos como seu envolvimento com drogas e viveu grandes amores clandestinos. Adorava passear, dançar, curtir a noite de Fortaleza. Adorava fazer rir e ser alvo de risos. Risos dela ou com ela. Mas adorava risos, de toda forma possível. Não dispensava uma chance de ganhar seu dinheirinho, aceitava tudo, aceitava expor a vida em programas sensacionalistas, aceitava ser repórter, aceitava estar apenas sentado em um banquinho de um programa de TV, por mais que não abrisse a boca. Mas não tinha jeito. Quando abria a boca, ganhava o programa para si.

Não era bem um humorista, era uma personagem presa nas veias de alguém. Ou melhor, era ela, daquele jeito, exatamente quem era. Sem duvidar de sua naturalidade, quem a circulava a amava. Odiava em alguns momentos, mas nada que não fosse explicado por um gênio difícil.

A irreverência da personagem fez sucesso e levou Picolina até a TV Diário. Atualmente, ela participava do quadro “Detonando o velho para ganhar o novo”, no programa João Inácio Show.

Picolina visita o bairro Couto Fernandes:

 

Picolina  e Babalu no Programa da Eliana (Parte I)

 

Picolina e Babalu no Programa da Eliana (Parte II)

No programa João Inácio Show, a memória da personagem ficou marcada com um homenagem feita ao humorista. Os pais, irmão e toda a família do comediante vieram de Acaraú até Fortaleza para contar um pouco sobre a história de Francisco Igor Albino Furtado em sua difícil caminhada para entrar na rol dos bons humoristas cearenses.

Vídeo homenagem da TV Jangadeiro:

(Portal CNews – Diário do Nordeste – Tribuna do Ceará)

Anúncios