O grupo Bonde das Maravilhas, conhecido com o passo “quadradinho de oito”, está sob investigação do Ministério Público de Niterói, Rio de Janeiro, após uma denúncia feita pelo Conselho Tutelar de Minas Gerais sobre possível conteúdo pornográfico no vídeo da do hit “Aquecimento das Maravilhas”.

Segundo o site “Uol”, o MP informou que foi instalada uma questão administrativa na Promotoria da Infância e Juventude de Niterói. “A promotoria está apurando eventuais irregularidades nas apresentações das garotas”, disse assessoria do MP.

Outra preocupação do órgão é com os estudos das meninas, já que somente Kathy, 20, concluiu o ensino médio até o momento. As outras garotas que não terminaram os estudos são Thayssa,15, Rafaela,16, Karol, 17, e Renatinha, 13 anos.

De acordo com o site, as mães das garotas já foram ouvidas pela promotoria, mas segundo o empresário do grupo Henrique Millão, elas liberaram, desde o início do grupo, a participação das meninas.

Millão disse ainda que o Bonde das Maravilhas não vai mudar a coreografia porque a música “não tem apelo sexual nenhum”. Segundo ele, as garotas vão lançar em breve novos hits –“Abecedário das Maravilhas” e “Academia das Maravilhas”- voltados ao público infantil.

Veja o vídeo aqui.

(Portal Ribeirão Preto Online)

Anúncios