Mortes-por-Veneno-de-Cobra

O “remedinho”, como é conhecido, é um homeopático feito à base do veneno de cobra que tem ajudado a amenizar os sintomas da dengue em 47 cidades goianas. Além disso, ele pode prevenir a doença. O composto foi distribuído pela Secretaria Estadual de Saúde nos municípios com maior incidência da doença.

De acordo com a enfermeira Neila da Costa, o remédio possui princípios ativos que combatem febre, dores no corpo e inflamação. “Não é vacina, é um medicamento que vai diminuir a gravidade e os sintomas da dengue”, ressalta.

Uma das cidades onde as pessoas já estão tomando esse remédio é Jataí, na região sudoeste de Goiás. Quase 1.400 casos de dengue foram notificados no município, desde janeiro.

O medicamento pode ser tomado por qualquer pessoa. No entanto, como o tratamento não faz parte do protocolo nacional, várias cidades não o acataram, como Goiânia.

A chefe da vigilância em saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Goiânia, Flúvia Amorim, explica que não vai ser introduzido um novo tratamento na capital sem um estudo local.

“É preciso ter a certeza de que pra esse medicamento há um resultado bom. É preciso fazer avaliações para que ele seja utilizado. Cada município tem características próprias que devem ser consideradas”, argumenta Flúvia Amorim.

(G1 Goiás)