campos

247 – Os irmãos Gomes têm se mostrados incansáveis na arte de sabotar o colega de partido Eduardo Campos (PSB). Na última terça, o ex-ministro Ciro Gomes voltou a se posicionar contra a possível candidatura presidencial do governador de Pernambuco em 2014: “Está bom mas podemos fazer melhor? Isso é conversa de marqueteiro. O Brasil precisa de debate profundo de ideias”, disse, segundo a Folha. “O Governador faz um discurso também reacionário quando vai conversar com empresários reacionários de São Paulo. Vamos disputar com a Dilma pela direita?”, completa.

Segundo a colunista Vera Magalhães, da Folha, aliados de Eduardo Campos ironizavam ontem as novas críticas de Ciro. “Tendo passado por uns 15 partidos, a começar da Arena, não achar nenhum bom deve ser problema dele”, fulminou um dirigente do PSB.

Agora foi a vez de Cid Gomes, governador do Ceará, disparar – disse que Eduardo Campos (PSB-PE) está “perdendo a noção”, ao comentar a posição contrária do pernambucano ao aumento de juros para conter a inflação.

“Quem defende elevação de taxa de juro é banqueiro. Ele está encantado pela direita”, disse Cid.

De acordo com a Folha, deputado Beto Albuquerque (PSB-RS) saiu em defesa de Campos. “Desde quando aumentar juro é coisa de direita. Dilma e Lula aumentaram juros e não são de direita”, afirmou.

(Brasil 247 / Pernambuco 247)