peliculadentro

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, publicou um decreto proibindo o uso de película escura nos vidros de vans. A decisão veio depois do episódio de violência brutal sofrida por um casal de turistas que acabou revelando outros dois casos de estupro dentro de uma van, pela mesma quadrilha.

De acordo com o decreto, que entra em vigor na segunda-feira (8), a falta de visibilidade prejudica a compreensão por parte dos passageiros quanto à ocupação dos veículos, o que comprometeria a segurança dos passageiros. 

A proibição é específica para as vans regularizadas para transporte público, o chamado Sistema de Transporte Público Local (STPL) e pelo Transporte Especial Complementar – TEC.

Os motoristas que forem flagrados desrespeitando a regra serão multados em R$ 1.251,48 e terão os veículos apreendidos.

(Jornal do Brasil)