Dinei foi destaque da última edição do jornal daFaculdade Católica (Foto: Divulgação)
Dinei foi destaque da última edição do jornal da
Faculdade Católica (Foto: Divulgação)

O ex-jogador de basquete Dinei Souza faleceu, na noite de terça-feira (26), aos 42 anos, na Faculdade Católica do Ceará, onde cursava Educação Física e comandava um time. Segundo informações da assessoria de imprensa da instituição, a suspeita é de que Dinei tenha sofrido um ataque cardíaco fulminante, ao sair da aula.

O carioca Claudinei Teixeira Souza chegou a defender o time do Flamengo como jogador profissional e, antes disso, tentou se aventurar no futebol. Passou na peneirada para integrar as categorias de base do Botafogo e investir no sonho de virar goleiro. O problema é que a mãe, contrariada, rasgou o pré-contrato com o clube e falou com um amigo da família para colocar o garoto no mundo do basquete.

– Foi através dele que eu tive o meu ingresso num mundo social de fato – disse, em entrevista ao jornal da Faculdade, que o homenageou na última edição.

– O que as pessoas não sabem é que, por trás da cara fechada, da voz rouca e altissonante, da envergadura avassaladora de hoje, existiu um menino mirrado e inseguro, imerso num pântano de incertezas acerca de um futuro pouco promissor quando se habita numa dessas aberrações da exclusão social chamada favela – descreve a reportagem, na publicação interna.

A altura exagerada que trazia problemas na adolescência virou sua maior aliada. Em 20 anos de atividade, foram 11 títulos. Entre eles o bicampeonato carioca, o brasileiro juvenil, o baiano e o bi-cearense. O auge foi pelo Flamengo, de 1989 a 1991. Tijuca, Mackenzie, Mirassol e outros quinze times completam a lista de clubes do carioca. A experiência acumulada e a vontade de compartilhá-la o tornou treinador.

O ex-morador da Favela de Acari mudou de forma definiva para o Ceará em 1999, onde já havia defendido a equipe do Fortaleza e do Círculo Militar, e fez uma nova coleção, agora de títulos universitários, como ‘professor’. Neste ano, vibrou com a classificação inédita da Faculdade Católica para o JUB´s – Jogos Universitários Brasileiros.

Dinei se dedicou a carreira de treinador, após 19 passagem por clubes (Foto: Divulgação)
Dinei se dedicou a carreira de treinador, após passagem por 19 clubes (Foto: Divulgação)

 (Portal Globo Esporte)

Anúncios