dominguinhos

Da Redação 

Depois da divergência das informações quanto ao estado de saúde do músico Dominguinhos, internado no Hospital Sírio-Libanês desde janeiro, os filhos do cantor, Liv e Mauro Moraes estão brigando na justiça para ver quem vai administrar os bens do pai. De acordo com a publicação da coluna ‘Olá!’ do jornal ‘Agora São Paulo’, Mauro entrou com duas ações contra Liv.

Na primeira ação, Mauro busca a autorização da irmã para administrar os bens do artista. Já a outra ação, ele alega que Liv o impediu de entrar no apartamento em que mora, em São Paulo, exigindo sua saída devido o imóvel ser de Dominguinhos. Como justificativa, a filha alegou que o pai a nomeou como responsável pelos bens quando ainda estava consciente.

Na última sexta-feira (15), Mauro divulgou à imprensa que o coma de Dominguinhos era irreversível, alegando que as palavras foram do médico do Hospital Sírio. No mesmo dia, Liv e a mulher do cantor, Guadalupe Mendonça, negou a informação e revelou que a recuperação está indo bem.

Dominguinhos foi internado no dia 17 de dezembro na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) coronariana do Hospital Santa Joana, em Recife. Ele apresentava quadro de infecção respiratória e arritmia cardíaca. O músico chegou a sofrer oito paradas cardíacas e ficou cinco minutos com o coração sem bater.

José Domingos de Morais nasceu no dia 12 de fevereiro de 1941 em Garanhuns (PE). Ficou famoso por canções como “Eu só quero um xodó” e “Aconchego”. Em 2002, ganhou o Grammy Latino com o CD “Chegando de mansinho”.

Matéria original: iBahia