O empresário brasileiro Eike Batisa saiu da sétima posição da revista ‘Forbes’ para a centésima na última edição da lista de bilionários, que ainda indica o mexicano Carlos Slim como o mais rico do mundo. Eike teve o maior prejuízo do ano ao perder US$ 19,4 bilhões devido à desvalorização das ações das suas empresas de mineração, energia, e construção naval. Estima-se que a fortuna atual do brasileiro seja de US$ 10,6 bilhões.

Entre os bilionários do Brasil, o que possui melhor colocação é o financista Jorge Paulo Lemann, que ocupa o 33º lugar da lista, com um montante de US$ 17,8 bilhões. São investimentos de Lemann a maior cervejaria do mundo Anheuser-Busch InBev, a empresa alimentícia Heinz e a rede de fast-food Burger King.

Eike Batista teve o maior prejuízo do ano ao perder US$ 19,4 bilhões
Eike Batista teve o maior prejuízo do ano ao perder US$ 19,4 bilhões

Na época da produção da lista, montada em 14 de fevereiro, o mexicano Slim possuía uma riqueza estimada em US$ 73 bilhões. Porém, as suas ações da empresa América Móvil tiveram forte queda. Já em segundo lugar, aparece o americano Bill Gates, cofundador da Microsoft, com US$ 67 bilhões. Com 73 anos, Slim produziu a maior parte da riqueza no setor de telecomunicações, mas atua também nos setores de varejo, matérias-primas, finanças e energia.

A surpresa nas primeiras posições ficou por conta do espanhol Amancio Ortega, cofundador do grupo Inditex, do setor de vestuário. Sua fortuna aumentou US$ 19,5 bilhões em relação à lista anterior. Esta é a maior transposição entre os bilionários do mundo, de acordo com a ‘Forbes’. Com patrimônio estimado em US$ 57 bilhões, ele ultrapassou o americano Warren Buffett e o francês Bernard Arnault, assumindo a terceira colocação.

O presidente e executivo-chefe do conglomerado Berkshire Hathaway, Buffett, garantiu a quarta colocação no ranking, com um patrimônio de US$ 53,5 bilhões. Foi a primeira vez, desde o ano de 2000, que o empresário não está entre os três primeiros colocados.

Já Arnault, do grupo de marcas de luxo LVMH, chegou à décima colocação, com US$ 29 bilhões.

Novas conquistas

A lista da ‘Forbes’, em sua 27ª edição, é a maior já lançada, chegando ao número de 210 novos bilionários. A fortuna total dos 1.426 bilionários do mundo, segundo a ‘Forbes’,alcança o valor de US$ 5,4 trilhões. Na edição anterior, o patrimônio era de US$ 4,6 trilhões.

A alta das bolsas nos EUA, estimuladas pelo FED (Banco Central Americano) e pela consolidação das marcas de varejo, fez com que fortunas que já estavam no ranking crescessem, e outras alcançassem à marca do bilhão.

A mulher mais rica do planeta, está em 9º lugar na lista com US$ 30 bilhões. Trata-se da francesa Liliane Bettencourt, do império de cosméticos L’Oreal.  

Com 28 anos de idade, o executivo da internet Dustin Moskovitz é o bilionário mais jovem do mundo. O ex-colega de quarto de Mark Zuckerberg, fundador do Facebook, e um dos primeiros investidores da rede social, está na posição 353, com fortuna de US$ 3,8 bilhões.

(JB Online)