Foto: Facebook/Pedro Falcão Pinheiro
Foto: Facebook/Pedro Falcão Pinheiro

Morreu em Porto Alegre mais uma vítima do incêndio na boate Kiss. A tragédia do dia 27 de janeiro, em Santa Maria, já contabiliza 240 mortes. Pedro Falcão Pinheiro, de 25 anos, era um dos pacientes transferidos para o Hospital Cristo Redentor, na capital gaúcha. A morte foi confirmada às 11h20 deste sábado (2), segundo a assessoria de imprensa da instituição.

Pedro Falcão Pinheiro morava em Santa Maria, mas era natural de Santana do Livramento. Estudava no Centro Universitário Franciscano (Unifra), e trabalhava na empresa América Latina Logística (ALL). Ele foi um dos primeiros pacientes internados no Cristo Redentor.

Amigos e companheiros do time de futebol amador Rolo Compressor, do qual Pedro fazia parte, na sua cidade natal, prestaram homenagens durante o período em que ele esteve no hospital. No dia 2 de fevereiro uma caminhada em Santana do Livramento reuniu colegas, familiares e moradores que, em luto, torciam pela sua recuperação.

(G1 RS)