brasileiro

Renato Cordeiro Mecca, professor de educação física de São Carlos, em São Paulo, e morador da Indonésia há seis anos, precisa de R$ 270 mil para custear a viagem em um avião adaptado com UTI móvel e equipamentos de monitoramento, em função de um acidente que sofreu dia 24 de janeiro.

O brasileiro bateu a moto que pilotava na traseira de um caminhão e fraturou a coluna. Ele passou por uma cirurgia para a reconstrução da terceira e quarta vértebras e, apesar de lúcido, respira com a ajuda de aparelhos. Segundo a mãe de Renato, ele só mexe a cabeça e não tem sensibilidade nenhuma no corpo. A equipe médica tentou retirar os aparelhos que o mantêm respirando, mas, sem êxito, tiveram que entubá-lo novamente.

Parentes e amigos do professor vem fazendo campanhas para arrecadar dinheiro. Com o apoio deles e do Ministério das Relações Exteriores do Brasil, o professor foi transferido de Surabaya para Cingapura, onde o tratamento é mais avançado. O desafio agora é trazê-lo para Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, em São Paulo.

(Portal do Sidney Rezende)

Anúncios