gay

A cada 26h, um homossexual é assassinado no Brasil, segundo dados do Grupo Gay da Bahia divulgados ontem. Segundo a entidade, 336 assassinatos por homofobia direta ou indireta foram registrados em 2012. Um aumento de 26% se comparado a 2011 e de 117% nos últimos 7 anos.

São Paulo é o estado com mais vítimas: 45. Mas Alagoas é a que registra o maior número por habitantes marcando 5,6 assassinatos para cada um milhão, com um total de 18 assassinatos.  O índice nacional é de1,7 a cada milhão de habitantes. Quase metade dos crimes ocorreram na Região Nordeste, 152. Entre as vítimas, foram 188 gays, 128 travestis, 19 lésbicas e 2 bissexuais. As lésbicas representam 5% do total, gays 56%, bissexuais1% e 37% travestis.O Paraná é o quinto estado com maior número de assassinatos de LGBTs, com 18 registros. São Paulo, Pernambuco, Bahia e Paraíba lideram a lista. O Rio Grande do Sul aparece em 17° com oito mortes e Santa Catarina vem em seguida com sete assassinatos de LGBT registrados em 2012.

(Revista Lado A)

Anúncios