fortal3

Quem disse que oito segundos não fazem diferença? Que o digam os pilotos de Fórmula 1 e o Réveillon de Fortaleza. A queima de fogos programada para o Aterro da Praia de Iracema terá quinze minutos e – é importante frisar – oito segundos de duração. Mais que os doze minutos de Recife. Mais que os quinze minutos cravados de São Paulo e de Salvador. Só fica atrás mesmo da festa de Copacabana, no Rio de Janeiro, que terá 16 minutos de fogos de artifício. 

Para o Réveillon da Solidariedade, em Fortaleza, serão usadas aproximadamente 20 toneladas de fogos de artifício. Eles serão lançados do espigão Demócrito Dummar, que fica na altura da rua João Cordeiro. “A dimensão do show de pirotecnia aumentou de ponta a ponta. No ano passado, foram 390 metros. Agora, serão 450 metros”, afirma Márcio Santana, sócio proprietário da Arte e Fogos MS, responsável pela queima de fogos do Réveillon de Fortaleza há seis anos.

Santana acrescenta ainda que a tecnologia de disparo dos fogos vem dos Estados Unidos. Os canhões são acionados por radiofrequência, no ritmo da música tocada. Haverá também bombas aquáticas, que são lançadas sobre o mar e se abrem na superfície. “Nenhuma delas causa danos ambientais”, garante Santana.

De acordo com o Governo do Estado, a queima de fogos de Fortaleza custou R$ 500 mil, mas todo o valor foi custeado por três empresas privadas patrocinadoras do evento. Ainda de acordo com Santana, amanhã, às 19 horas, ocorrerá “ensaio” a queima de fogos.

 

Palco

Deve ficar pronto no domingo, 30, toda a estrutura de palcos, torres de segurança e os oito telões espalhados no aterro. Segundo a Arte Produções, empresa responsável pela montagem da estrutura, está tudo praticamente pronto, faltando quatro postos de coleta de donativos; seis dos 16 camarins; três das doze torres de segurança; as torres dos salva-vidas; e a estrutura de som e luz.

O palco onde se apresentarão as 17 atrações convidadas tem 600 metros quadrados, 15 metros de altura e 50 metros de extensão e capacidade para sustentar até 25 toneladas, segundo informações da Arte Produções.

A montagem e desmontagem dessas estruturas têm valor de R$ 1,5 milhão, segundo o Governo do Estado. A empresa responsável foi escolhida por meio de licitação.

Na manhã de ontem, 28, os banheiros químicos estavam sendo montados dos lados direito e esquerdo da arena de shows. Serão 400 banheiros dispostos de 20 em 20 até o aterrinho, onde ficará a praça de alimentação. 

ENTENDA A NOTÍCIA

Para o Réveillon da Solidariedade, em Fortaleza, serão usadas aproximadamente 20 toneladas de fogos de artifício. Eles serão lançados do espigão Demócrito Dummar, que fica na altura da rua João Cordeiro. 

Serviço

Queima de fogos do Réveilon de Fortaleza

Quando: 0h do dia 1º de janeiro

Onde: Aterro da Praia de Iracema

Ensaio: domingo, 30, às 19 horas

 

Saiba mais

O que já foi feito na estrutura de show do Réveillon:

 

Palco com a testeira;

Seis postos de coleta de donativos (serão 10 no total);

A estrutura de “geo túnel” que cobre os camarins;

As bases para os oito telões espalhados pelo Aterro;

A house mix (local onde o som é monitorado);

Som nas torres de delay (uniformiza a distribuição do som por toda a arena); 

Salas de autoridade, cobertura da área VIP;

10 camarins; 

9 torres de segurança;

Área da imprensa;

Área dos cadeirantes;

Sala de monitoramento, com imagens captadas das 42 câmeras de segurança;  

 

O que ainda falta: 

4 postos postos de coleta;

Levantar a cobertura do palco;

6 camarins;

3 torres de segurança; 

Torres dos salva-vidas;

Som e luz.

(O Povo Online)

Anúncios