Tribuna da Bahia Online

O índice usado para calcular as aposentadorias, chamado de fator previdenciário, irá mudar para melhor pela primeira vez em dez anos, segundo cálculos feitos pela Conde Consultoria Atuarial e publicados na Folha de S. Paulo.

O cálculo depende da idade do segurado, de seu tempo de contribuição e a expectativa de sobrevida da população, indicada pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Todos os anos o IBGE calcula a estimativa da expectativa de vida dos brasileiros. A nova tábua do fator incorporou dados do Censo de 2010 para os benefícios que serão concedidos a partir deste sábado (1º), o que causou a alteração.

De acordo com os cálculos da Conde Consultoria Atuarial, no período de 41 a 80 anos a expectativa de sobrevida teve redução média de 83 dias, o que provocou um ganho de 0,31% –também em média– nas aposentadorias.

Em 2011, houve redução média de 0,42% no valor do benefícioporque a expectativa de vida aumentou no Brasil.

Diferença para uma pessoa de 55 anos, com 37 anos de contribuição e média salarial de R$ 1.000

Tábua IBGE Fator previdenciário Benefício
Para homens
2010 0,8188 R$ 818,81
2011 0,8223 R$ 822,29
diferença, em % ** 0,43%
diferença, em R$ ** R$ 3,48
     
Para mulheres
2010 0,938 R$ 938,01
2011 0,942 R$ 942,00
diferença, em % ** 0,43%
diferença, em R$ ** R$ 3,99
     

Valor do benefício ao se aposentar 
Considerando 35 anos de contribuição, para o homem, e 30 anos, para a mulher, e média salarial de R$ 1.000

Idade Fator previdenciário Benefício
50 0,598 R$ 622**
51 0,618 R$ 622**
52 0,643 R$ 642,52
53 0,666 R$ 665,83
54 0,691 R$ 690,59
55 0,717 R$ 716,92
56 0,745 R$ 744,99
57 0,775 R$ 774,97
58 0,804 R$ 803,52
59 0,838 R$ 837,67
60 0,874 R$ 874,40
61 0,910 R$ 909,55
62 0,952 R$ 951,99
63 0,993 R$ 992,78
64 1,037 R$ 1.036,68
65 1,084 R$ 1.084,08
**Previdência paga o salário mínimo (R$ 622) para os valores que ficam abaixo dele
Fonte: Conde Consultoria Atuarial
Anúncios