Pedro Henrique (d) substituirá Henrique Mariano no comando da OAB-PE

Foto: Márcia Mendes/Acervo/JC Imagem

O procurador Pedro Henrique Reynaldo Alves foi eleito, no início da noite desta segunda-feira (19), o novo presidente da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional Pernambuco (OAB-PE). Restando apenas dez urnas a serem apuradas, o representante da chapa “A Ordem Continua Avançando” já possuía 77% dos votos, o suficiente para sacramentar a vitória.

Dos 4.899 votos já contabilizados, 3.781 foram dados a Pedro Henrique Reynaldo, contra 1.118 para seu opositor, Émerson Leônidas, da chapa “A Ordem é dos Advogados”, o que representa aproximadamente 23%. A votação ocorreu durante todo o dia, no Chevrolet Hall, em Olinda, e no interior do Estado.

Pouco após o anúncio dos números da contagem parcial, o candidato de oposição reconheceu a derrota, parabenizou o novo presidente e disse que espera que o vencedor absorva algumas de suas propostas em seu mandato. “Desejo sucesso a ele e espero que alguns pontos como transparência, extensão de benefícios para os advogados do interior e a criação de comissões específicas de defesa de prerrogativas seja incluídos em seu mandato. Estarei observando e cobrarei quando necessário”, disse.

Além da escolha do novo presidente da OAB-PE, outras 24 seccionais da Região Metropolitana do Recife e do interior do Estado também escolheram seus representantes. Apenas os advogados em dia com a Ordem estiveram aptos a votar.

Com a vitória assegurada, Pedro Henrique disse que dará continuidade às propostas do seu grupo, no poder há seis anos, desde a gestão de Jayme Asfora, seguido de Henrique Mariano. “Queremos promover um grande recadastramento dos advogados em todo o Estado. A partir daí, poderemos implantar novas políticas voltadas para a classe. A interiorização das ações da OAB-PE também estão na nossa pauta”, informou.

(Jornal do Commercio)