A modelo transex Carol Marra posou para a primeira edição da revista GLS “G Size”. Na entrevista, ela disse que os próprios gays são preconceituosos entre eles mesmos. “Canso de ouvir um chamar o outro de passiva, de uma forma ofensiva, como que ser passiva fosse um demérito. Afinal, em uma relação precisa haver um passivo e um ativo e nenhuma das posições diminuem a pessoa. Acho esse tipo de brincadeira entre eles desnecessária e agressiva”, disse a modelo, que também assumiu que seus namorados costumam ser heterossexuais.

“Não procuro rotular, mas eu gosto e quem gosta de mim são obviamente os homens heteros. Gays querem outro gay com uma imagem masculina, o que não é e nunca foi meu caso. Não considero um homem que fica com uma transexual como gay. Afinal, ele está no papel dele de homem, e eu no meu de mulher, ele me enxerga e me deseja como um mulher. As pessoas não compreendem”, afirmou.

(Portal EGO)

Anúncios