A juíza da 117ª Zona Eleitoral, Maria das Graças Almeida de Quental, manteve a decisão liminar em relação à representação ajuizada pela coligação “Pra Cuidar das Pessoas”, contra a coligação “Para Renovar Fortaleza”, que vinha usando em sua propaganda no rádio e na TV, o nome da presidenta Dilma e do ex-presidente Lula, associados à imagem do candidato do PSB, Roberto Cláudio.

Na mesma decisão, notificada às 17h:40m à emissora geradora dos programas no Horário Eleitoral Gratuito e às partes interessadas, a juíza determina que seja concedido 10 minutos à coligação “Para Renovar Fortaleza”, em inserções nos dias 25 e 26/10, sem fazer referência aos nomes dos filiados ao Partido dos Trabalhadores – PT, ex-presidente Lula e Presidenta Dilma, sob pena de cometimento de crime de desobediência.

(Roberto Moreira, Diário do Nordeste Online)

Anúncios