No primeiro dia de greve dos bancários em todo o País a adesão foi em massa. No Ceará o movimento paredista foi forte. No Estado foram contabilizadas 231 agências paralisadas das 484 existentes. Em todo o País, 5.132 agências pararam neste primeiro dia, segundo a Contraf-CUT.

Em todo o País, 5.132 agências pararam neste primeiro dia. O balanço, feito pela Contraf-CUT com base nos dados enviados até as 17h30 pelos 137 sindicatos que integram o Comando Nacional dos Bancários, mostra que a paralisação começou mais forte que a do ano passado, quando 4.191 agências foram paralisadas no primeiro dia.

Ainda nesta terça-feira, na sede do Sindicato dos Bancários, os bancários se reuniram em assembleia para avaliar o movimento. A grande adesão de bancos privados foi um dos destaques deste primeiro dia.  Nova assembleia acontece na segunda-feira, 24/9, na sede do Sindicato (Rua 24 de Maio, 1289 – Centro), às 17h30.

BNB – A direção do Banco do Nordeste convocou o Comando Nacional para uma negociação na manhã desta terça, 18/9, mas nada apresentou de concreto para o movimento sindical. Segundo Tomaz de Aquino, coordenador da Comissão Nacional dos Funcionários do BNB, o Banco apenas confirmou que seguirá o que for acordado com a Fenaban, mas quanto às reivindicações específicas ainda não tinha nenhum posicionamento.

“Nós reafirmamos nossa disposição para a negociação, mas deixamos claro que o Banco só nos chamasse novamente para sentar à mesa se tivesse algo de concreto para apresentar aos trabalhadores”, disse.

As principais reivindicações dos bancários

● Reajuste salarial de 10,25% (aumento real de 5%).
● Piso salarial de R$ 2.416,38.
● PLR de três salários mais R$ 4.961,25 fixos.
● Plano de Cargos e Salários para todos os bancários.
● Elevação para R$ 622 os valores do auxílio-refeição, da cesta-alimentação, do auxílio-creche/babá e da 13ª cesta-alimentação, além da criação do 13º auxílio-refeição.
● Mais contratações, proteção contra demissões imotivadas e fim da rotatividade.
● Fim das metas abusivas e combate ao assédio moral
● Mais segurança
● Igualdade de oportunidades.

(SEEB-CE)

Anúncios