São Paulo – As questões específicas dos empregados da Caixa Federal e dos funcionários do Banco do Brasil voltaram a ser debatidas com as direções dos respecivas instituições financeiras. Nas mesas, independentes uma da outra, serão realizadas na sexta 14.

Na Caixa, nas três reuniões já realizadas, os representantes da instituição financeira se limitaram a negar praticamente todas as propostas dos empregados. A pauta específica foi aprovada durante o 28º Conecef e entre as prioridades está a contratação de mais bancários para que o quadro do banco totalize 100 mil ainda este ano. O objetivo é melhorar as condições de trabalho nas agências e complexos administrativos.

No Banco do Brasil a situação é semelhante. Também foram três mesas sem avanços. Entre as reivindicações dos bancários, aprovadas durante o Congresso Nacional dos Funcionários do BB, estão: melhoria no Plano de Carreira e Remuneração (PCR), PLR sem vinculação ao Sinergia, Cassi e Previ para todos.

(Bancários SP)

Anúncios