O heliponto do Hospital da Mulher será entregue pela prefeita Luizianne Lins, nesta quarta-feira (15), às 10 horas, num ato que contará com uma operação de pouso e decolagem, simulando uma situação real de transporte de paciente. O equipamento é um quadrado de 400 m² localizado no entorno Norte do hospital, com pavimento para suportar helicópteros de até quatro toneladas, biruta (indicador visual de direção e intensidade do vento), sinalização horizontal e lâmpadas de orientação para operações noturnas. O heliponto do Hospital da Mulher é o primeiro a entrar em operação na rede municipal de saúde de Fortaleza.

A inauguração do heliponto ocorre um dia depois do início do funcionamento do centro cirúrgico de obstetrícia e três dias depois da ativação da maternidade. Dois partos normais e um cesariano já foram realizados com sucesso para mães e bebês. O Hospital da Mulher começou a funcionar por etapas, seguindo um rígido controle de qualidade nos serviços oferecidos. Dia 2 de julho foram feitos os primeiros atendimentos ambulatoriais e no dia 21 foi aberta internação, desafogando a demanda do IJF Centro. O Hospital da Mulher será inaugurado oficialmente na próxima sexta feira (17), numa solenidade que contará com a presença do ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

O Hospital

O Hospital da Mulher tem 184 leitos, sendo 10 leitos de UTI neo-natal, 16 leitos de UTI neo-natal de médio-risco e 10 leitos de UTI para adultos). É uma obra de grande porte da Prefeitura de Fortaleza, a maior no setor da saúde. Localizado em terreno de 70,7 mil m² (cerca de sete campos de futebol), tem área construída de 26,4 mil m² e está dividido em quatro blocos. No primeiro funcionam a administração, os consultórios, o pronto-atendimento, centro de parto normal, o centro cirúrgico, o centro de imagens, além do laboratório de análises, do centro de terapias integrativas e complementares e do centro de saúde para mulheres em situação de violência doméstica e sexual. Nos demais blocos funcionam as enfermarias, a farmácia, os setores de nutrição, almoxarifado, necrotério, além das salas de oficina e manutenção.

Fonte: Prefeitura de Fortaleza

 

Anúncios