Aos 36 anos, a surfista cearense Tita Tavares foi diagnosticada com uma inflamação na glândula tireoide. Por conta disso, já não consegue mais surfar como antes. “Hoje só consigo ficar uma hora no mar, nem dá pra treinar na academia. Fico tonta e com medo de passar mal”, diz a atleta que se vira apenas com o dinheiro do bolsa-atleta. Ontem, a diretoria de publicidade do Fortaleza informou que apoiará a atleta.  

Os sintomas começaram a aparecer há mais ou menos dois anos, mas somente em 2012 teve início o tratamento.

S.O.S Tita

A mídia especializada do surfe está encabeçando uma campanha de mobilização para ajudá-la. O portal Waves divulga os contatos para falar direto com ela: titatavares@terra.com.br

(O povo Online)