Em menos de uma semana, o candidato a prefeito de Fortaleza pelo PSB/PMDB, Roberto Cláudio, acabou alvo de questionamentos por parte da Justiça Eleitoral. No primeiro dai de campanha, foi autuado por distribuir panfletos dentro de área pública, no caso o Mercado Central, além da utilização a menos de 200 metros de carro de som em área militar.

Agora, a Justiça Eleitoral pediu à TV Assembleia cópias da sessão dessa terça-feira em que Roberto Cláudio ocupou a tribuna da Assembleia Legislativa par apresentar um balanço das atividades da Casa no primeiro semestre. O resultado foi parlamentar do seu partido e de partidos aliados promovendo um festival de loas.

Esses fatos expõem algo primário: a campanha de Roberto Cláudio anda vacilando. E muito. Dentro do PSB, há gente querendo uma avaliação. Com a presença do coordenador-geral das ações, o ex-governador Ciro Gomes, que, até o momento, tem atuado mais como artilheiro mirando nos opositores do que como general de tropa.

(Eliomar de Lima, O Povo Online)