O presidente da ONG Instituto Vida, João Mota, que estava como pré-candidato do PSDB à Prefeitura de Fortaleza, radicalizou: pediu desfiliação do partido. “Saio do PSDB por incompatibilidade ideológica”, disse para o Blog.

João Mota lamentou a falta de debate dentro do partido sobre as eleições e sobre um projeto de gestão para a cidade. Ele disse que tentou animar as bases do PSDB, buscando prévias, o que  não foi possível.

Mesmo deixando o ninho tucano, disse que vai trabalhar para eleger o jovem Pedro Matos vereador. Pedro é filho do vice-presidente estadual do PSDB, deputado federal Raimudo Gomes de Matos.

Quem também estava na condição de pré-candidato tucano era o ex-dirigente estadual da legenda, o empresário Carlos Matos, que tem seu nome na lista dos postulantes à Câmara Municipal.

(BLOG DO ELIOMAR DE LIMA)

Anúncios