O ex-governador Lúcio Alcântara (PR), que por muito tempo foi opositor da prefeita Luizianne Lins (PT), partiu para a defesa do governo petista na Capital. Ele reconheceu que existem alguns problemas, mas destacou que não houve envolvimento da administração em nenhum caso de corrupção, numa crítica indireta à gestão Cid Gomes (PSB). “Na gestão de Luizianne não teve jatinho, não teve (escândalo dos) banheiros, não teve consignados”.

O PR agora é o mais novo aliado do PT em Fortaleza, após a confirmação da aliança com o ex-secretário Elmano de Freitas para as próximas eleições municipais. A união foi possível após o rompimento da parceria entre PSB e PT. O partido comandado por Cid no Ceará decidiu lançar como candidato à Prefeitura de Fortaleza o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Roberto Cláudio.

Lúcio destacou ainda que nunca teve “divergências insanáveis” com o PT, que a aliança com o partido é programática e para mais de uma eleição. Disse ainda que Elmano é o nome certo para dar continuidade aos projetos que Luizianne não conseguiu concluir.

Tempo para ganhar
O presidente do PT em Fortaleza, Raimundo Ângelo, comemorou a aliança com o PR para as próximas eleições. Segundo ele, agora a aliança tem tempo de propaganda eleitoral suficiente para ganhar as eleições. Juntamente com PRP, PRTB, PTdoB, PV, PTN e PSC, a aliança deverá chegar a cerca de 7 minutos no horário gratuito para rádio e televisão.

Na linha de não entrar em polêmicas, Elmano disse que não é o candidato do PT, mas de todos os partidos que o apóiam. Afirmou ainda achar conveniente que o presidente nacional do PT, Rui Falcão, se reúna com Lúcio, presidente do PR no Ceará.

(Marcos Robério – O Povo Online)

Anúncios