Até a Copa do Mundo 2014, Fortaleza terá em torno de 40 mil leitos disponibilizados para turistas na rede hoteleira, segundo o vice-presidente da Associação Brasileira de Indústria e Hotéis (ABIH), Régis Medeiros. A qualidade na prestação de serviços também é uma preocupação da rede hoteleira. “Melhorando a qualidade dos nossos apartamentos, substituindo as televisões por televisões de tela plana, ar condicionados ‘split’”, disse

Receber dois grandes eventos como copa das confederações e copa do mundo, exige mais do que a construção de um bom estádio, como o Castelão. Tem de ter infraestrutura, hotéis, hospitais. Esse é o tema da terceira reportagem da série “cidade em campo”, da TV Verdes Mares.

Com simpatia e bom humor, o cearense é conhecido por receber bem as pessoas que vem de fora. Mas, especialmente para a Copa das Confederações e para a Copa do Mundo, em 2013 e 2014, respectivamente, o Ceará vai precisar investir em qualidade.

Qualidade em tudo: na hospedagem, no transporte público, no atendimento em bares e restaurantes, na prestação de serviços. Afinal, não é todo dia que o maior evento esportivo vem a Fortaleza, ferecendo muita coisa, mas cobrando também. “Cobram qualidade e a gente precisa mostrar exatamente esse perfil do nosso servidor. O profissional do turismo em todos os aspectos”, disse Circe Jane Teles, da coordenação do grupo gestor no Ceará.

Representantes de entidades públicas e privadas têm se reunido com frequência pra discutir a aplicação de recursos para realização de cursos e programas de capacitação. Os taxistas, por exemplo. E quando o visitante for de outro país? “O welcome do Ceará”, responde um taxista.

O inglês virou aprendizado obrigatório. “A importância é que vai vir muita gente para cá. Com certeza a cidade e o Brasil, isso tudo vai crescer. E o ceará deve aparecer bem”, acredita o taxista Carlos Abreu.

Saúde e Segurança
Cuidados também com a saúde dos torcedores-turistas além, claro, dos cearenses./ pra isso, ações como qualificação da urgência e emergência do Instituto Dr. José Frota (IJF), ampliação do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), criação de unidades de pronto atendimento e dos hospitais regionais. “Em termos de compromisso, de ampliação de leitos, leitos gerais, leitos de UTI, leitos de urgência e emergência, e regulação através do Samu, nós estamos cumprindo os prazos”, afirmou o secretário de Saúde do Ceará, Arruda Bastos.

Quanto à segurança, a companhia da Polícia Militar criada em 2009, especialmente para cuidar de eventos busca realizar treinamentos. “Nós vamos ter, além dos estádios, ou do estádio Castelão, os fan fests, onde também a tropa da companhia de eventos deverá atuar de uma forma diferenciada para que ela possa interagir melhor com o público. Vai estar lá porque a missão específica dela vai ser essa”, disse o major George Benício, comandante da companhia independente de policiamento em eventos.

(G1 CEARÁ)

Anúncios