Ela canta funk estilo proibidão, tem um corpo “avantajado” e provoca polêmica com o que fala. Valesca Popozuda é assim, por onde passa tem o efeito de um furacão. A funkeira e sua “Gaiola das Popozudas” se apresentam hoje, na boate Donna Santa.

A cantora que, recentemente, lançou “Mama”, um dueto impublicável com Mr. Catra e, entre outras coisas, costuma cantar “quero te dar”, tem consciência da repercussão de seu trabalho. Em entrevista por e-mail ao Zoeira, ela comenta: “Não sinto que minhas letras causem espanto. Podem causar um pouco de polêmica, mas isso Marcelo D2, MV Bill e tantos outros também já causaram”.

Toda essa autenticidade fez da loira um sucesso no meio funk. Para quem pensa que, com o passar do tempo, a cantora pretende maneirar nas letras, ela avisa que continuará na mesma linha. “Valesca vai continuar sendo ela mesma, fazendo aquilo que me faz feliz e meu público aprova”.

Simpatizante

O show de hoje será em uma boate com público predominantemente gay, com o qual Valesca diz ter uma relação “muito boa”. Tanto que a funkeira já disse estar em busca de uma dançarina transexual e/ou travesti para fazer parte de sua “Gaiola”. Em seu Twitter, ela comentou “Precisamos quebrar essa barreira que o mercado de trabalho tem contra os homossexuais”.

Além disso, declarou, essa semana, que tinha vontade de ter uma relação com uma mulher. Sobre o assunto, ela comenta que, apesar da simpatia, não é um desejo que ela pretenda realizar. “Fantasia é fantasia. É algo que você sonha e que não faz parte da sua realidade e ponto”. Mesmo assim, polemizou. De novo!

Na moda

Com a chamada Classe C tão em evidência, o funk também pode voltar a conquistar seu espaço. Mas, para Valesca, a verdade é que o estilo sempre esteve em alta. “O funk vai sempre estar na moda”, defende. E, por em moda, ela garante estar de olho nas tendências na hora de decidir o que usar e de montar seu figurino de palco. “Tenho uma personal stylist que cuida de todo o meu guarda roupa. Isso me deixa sempre ´uptodate´”, observa.

Para os “popofãs” que forem conferir a performance da Popozuda, ela manda o recado: “Alô Fortalezaaa! Late que eu tô chegando pra sacudiiiir”!

Mais informações

Show com Valesca Popozuda

Hoje, às 23h, na boate Donna Santa (Rua Dragão do Mar, 308). (3219.1164)

(Gabriela Dourado – Diário do Nordeste)

Anúncios