Além dos jogos da Copa das Confederações e do Mundial de 2014, nossa Capital sediará eventos internacionais de surf
“É uma importante conquista para o Ceará a realização da I Copa Internacional de Surf Universitário, um evento da Fisu (International University Sports Federation)”, disse o presidente da Associação Brasileira de Surf Universitário (Abrasu) e diretor da modalidade surf da Confederação Brasileira de Surf Universitário (CBDU), Ailton Júnior.

O dirigente esteve, ontem, pela manhã, na sede da Secretaria do Esporte do Estado (Sesporte), onde ocorreu a solenidade de lançamento da I Copa Internacional de Surf Universitário, evento que deverá ser disputado na Praia do Futuro ( 9 a 11/11).

“Essa conquista se deve à CBDU, por iniciativa do seu presidente, Luciano Cabral, que conseguiu trazer a competição para o Brasil e escolheu o nosso Estado para sede, num reconhecimento, pois há seis anos o Ceará recebe sempre a última etapa do Brasileiro Universitário”, acrescentou o presidente da Abrasu.

Ailton ressaltou que a CBDU garantiu com exclusividade para o Ceará as edições de 2013 e 2014 da Copa Internacional de Surf Universitário, o que reforçará a presença cearense no cenário mundial dessa categoria.

“Nenhuma cidade poderá realizar essa competição, só Fortaleza. O surf já é uma modalidade muito forte no mundo e na área acadêmica o esporte avança agora internacionalmente”, reforçou o diretor de surf da CBDU.

Referência

Aliás, o Brasil já é referência no surf universitário, pois soma três títulos internacionais contra Estados Unidos, Peru e Portugal, além do ouro no I Campeonato Pan-Americano da categoria.

O Ceará conta ainda com um forte Campeonato Cearense Universitário, que é organizado pela Federação Cearense, e já vai para a 11ª edição. A competição tem revelado muitos talentos, a exemplo do que acontece no nosso circuito profissional.

Participação

De acordo com Ailton Júnior, a primeira edição da Copa Internacional de Surf Universitário contará com a participação de atletas de 16 países e será disputada nas categorias open masculino e feminino, com medalhas de ouro, prata e bronze para os três surfistas mais bem colocados.

“A seleção brasileira contará com quatro atletas, que serão definidos através do ranking nacional. A propósito, dos cinco primeiros campeonatos brasileiros realizados pela Abrasu, quatro foram ganhos pelo Ceará e um por São Paulo”, lembrou Ailton.

Vaga garantida

Uma surfista cearense já se garantiu na equipe verde-amarela para a I Copa Internacional de Surf Universitário. Campeã brasileira em 2011, Rafaela Bahia assegurou, por antecipação, o título do Brasileiro 2012, o bicampeonato e a ponta no ranking. “A palavra certa é satisfação. A vitória garantida, certa, para que eu possa estar participando desse grande evento que será a I Copa Internacional de Surf Universitário”, declarou a surfista cearense Rafaela Bahia, graduada no curso de Turismo e Hotelaria, e que faz agora pós-graduação.

(Diário do Nordeste)
Anúncios