O ator Tiago Klimeck, de 27 anos, que se enforcou acidentalmente durante encenação da Paixão de Cristo em Itararé, interior de São Paulo, morreu neste domingo às 17h15, segundo informou a Santa Casa de Itapeva em nota.

Tiago estava internado na UTI do hospital na cidade vizinha e estava em coma profundo desde o incidente, ocorrido no feriado da Sexta-Feira da Paixão.

De acordo com testemunhas e integrantes do grupo teatral, durante a apresentação, Tiago vestia um colete com uma cadeira de segurança na qual ele deveria se sentar durante a cena que simulava o enforcamento. Essa cadeira era fixada em uma corda de seis metros, cuja outra extremidade estava amarrada a uma árvore.

Acredita-se que, no momento em que Tiago se jogou da escada montada abaixo da árvore, uma peça de seu vestuário enroscou-se na corda, provocando o enforcamento.

Tiago ficou cerca de quatro minutos enforcado sem que ninguém notasse o incidente. “Comecei a falar com o Tiago e pedi para ele ajudar a gente a tirar a corda (do pescoço, após a cena). Quando percebi que ele não respondia, eu e outros atores chamamos por socorro”, disse ao iG Janaína Carvalho, uma das integrantes do grupo teatral, dois dias depois do ocorrido.

Essa era a segunda vez que o grupo usava a cadeira de segurança durante o espetáculo e a terceira em que Tiago interpretava Judas.

(ULTIMO SEGUNDO)

Anúncios