Um monomotor C 206 caiu, nesta sexta-feira (20), em Macapá, no Amapá, causando a morte do deputado estadual Dalto Martins, que pilotava a aeronave, e de outra pessoa que estava a bordo, confirmou a Força Aérea Brasileira (FAB).

Segundo a FAB, a aeronave partiu às 5h48 do aeroporto internacional do Amapá com destino a Santarém, no Pará. Às 5h52, o piloto comunicou que “estava com problema”. Após cair, a aeronave pegou fogo e ficou totalmente destruída, matando os dois tripulantes, informa.

O deputado estadual Dalto Martins, do PMDB, pilotava o avião, informa a assessoria do parlamentar. O nome do outro tripulante não foi divulgado.

(O G1 informou inicialmente que o monomotor era de modelo C 216, mas, na verdade, é um C 206. A informação foi corrigida)

De acordo com o superintendente da Infraero do Amapá, David Oliveira, a torre perdeu o contato após a comunicação.

Segundo ele, uma equipe de agentes da Infraero foi deslocada para o local. “É uma área de mata fechada, com população no entorno, que fica a cerca de 7 km do aeroporto”, afirmou.

Agentes do Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Seripa I) devem chegar ao local no começo da tarde, segundo a FAB, para investigar as causas do acidente.

(G1)