Ir ao banco está ficando cada vez mais perigoso em Fortaleza. Somente na tarde desta quarta-feira (18) foram registrados mais três assaltos do tipo “saidinha bancária”, em que o cliente é abordado após sacar dinheiro em agências de bancos. Segundo a polícia, ao todo foram roubados R$ 64.500, em três bairros diferentes da capital.

Um dia antes, em apenas três horas, seis ações como esta foram anotadas. Portanto, já são nove assaltos deste tipo em apenas dois dias.

Papicu

Nesta quarta, a primeira vítima foi o funcionário de uma empresa de camarões. De acordo com a polícia, a vítima teria sacado R$ 58 mil em uma agência do Bradesco, no bairro Prefeito José Walter, para realizar um pagamento em uma outra empresa na avenida Santos Dumont, no Papicu.

Ele informou que, quando saiu do carro, dois homens em uma motocicleta o abordaram e tomaram o dinheiro. A polícia foi acionada, mas, no entanto, nenhum suspeito foi preso.

Montese

Na rua Barão de Canindé, esquina com a rua Sobral, no bairro Montese, outro homem foi mais uma vítima da ação. Após retirar R$ 2 mil de uma agência do Bradesco, ele foi abordado e roubado.

Centro

Mais uma vítima, coincidentemente também do  banco Bradesco, foi roubada, na rua São José, no Centro da capital. Os assaltantes conseguiram levar R$ 4.500.

(JANGADEIRO ONLINE)