247 – Os preços cobrados por hotéis durante a Rio+20, no mês de junho, obrigaram as delegações europeias que vêm ao país encolher em média 30%, de acordo com o chefe da Seção de Cooperação da Delegação da União Europeia no Brasil. As informações são da BBC.

A Conferência espera receber 50 mil pessoas entre 13 e 22 de junho, mas na última sexta-feira, a Delegação da UE informou ao Itamaraty oficialmente que os preços altos iriam diminuir o nível de participação europeia.

Na última edição, realizada em Durban, na África do Sul em dezembro do ano passado, estima-se que cerca de 20 mil pessoas compareceram ao evento, sendo mais de 6 mil representantes de delegações oficiais, quase 2 mil jornalistas e milhares de ativistas de diversas ONGs e entidades de lobby.

De acordo a Associação Brasileira da Indústria de Hotéis (ABIH), o Rio conta com um total de 33 mil quartos. Isso inclui desde albergues a hotéis cinco estrelas. Para as delegações da Rio+20, a procura é sobretudo por hotéis de 4 a 5 estrelas.

Em reservas para mais de 100 pessoas na Rio+20, uma fonte de um consulado europeu no Rio afirma que sua delegação terá que pagar entre R$ 800 e R$ 1.400 por diária, mais caro do que um dia de hotel em Nova York.

(BRASIL 247)

 

Anúncios