A Ambev recebe inscrições para a terceira edição do Programa de Trainee Industrial, que vai selecionar, até 1º de maio, estudantes universitários interessados em uma carreira de engenheiro industrial ou mestre cervejeiro. Não há limite de vagas e o treinamento total tem duração de até 18 meses. Segundo a companhia, os aprovados no processo seletivo de trainees tornam-se imediatamente funcionários. 

Podem se inscrever pelo site www.traineeambev.com.br estudantes de todo o país, formados desde o segundo semestre de 2010 ou que irão se formar em julho de 2012 nos cursos de engenharia, química, farmácia, agronomia, biologia, ciências da alimentação e biotecnologia. 

O treinamento começa em agosto e o salário inicial é de R$ 4.300 mais benefícios como assistência médica, assistência odontológica, seguro de vida, previdência privada, vale refeição, vale transporte, 14º salário, entre outros.

Entre os critérios analisados estão habilidade para gerenciamento de pessoas, interesse por desenvolvimento de novas tecnologias, negociação, capacidade de liderança, visão empreendedora, disponibilidade para viagens e mudanças de cidade, estado ou país, e inglês fluente.

O processo seletivo tem diversas etapas eliminatórias. Após o término das inscrições, os candidatos passarão por um teste online de português, inglês e raciocínio lógico; dinâmicas de grupo – que ocorrerão por todo o país e entrevistas individuais. 

A partir do segundo semestre a companhia volta a abrir vagas, dessa vez para o Programa Trainee, que seleciona estudantes para todas as demais funções da companhia. 

Programa Trainee Industrial

Ao longo do período de treinamento, os selecionados passam por todas as áreas da companhia. Durante os cinco primeiros meses, os trainees conhecem o processo de produção das unidades fabris; passam pelas áreas comerciais (distribuição e vendas) dos Centros de Distribuição Direta (CDD) e participam de treinamento estratégico na central administrativa, em São Paulo, para se aprofundar na cultura Ambev. Nos sete meses seguintes, os jovens recebem orientação dirigida para área que optaram, seja engenharia industrial ou mestre cervejeiro, e aprofundam os conhecimentos sobre suas atividades futuras. Após esses doze meses de programa, os trainees são alocados em projetos assistidos no Brasil ou enviados ao exterior para complementarem a formação com cursos específicos.

(O POVO ONLINE)