Por Hélio Rocha Lima

É um cenário apropriado para gozar o feriadão da Semana Santa, até porque, Juazeiro do Norte, um dos maiores destinos do turismo religioso é parte principal da região. Famoso por possuir grande riqueza natural e cultural, o Carirí impressiona pela natureza exuberante e suas manifestações populares artísticas, o patrimônio histórico e arquitetônico, o acervo arqueológico e a religiosidade de seu povo sempre demonstrada nos espetáculos de devoção e fé.

Terra de fontes, sítios arqueológicos e cavernas é, também, dos grupos folclóricos, da literatura de cordel, da xilogravura e do artesanato. Da floresta nacional do Araripe e do berço da maior reserva de fósseis do período cretáceo do universo. Carirí da Barbalha, Crato, do Jardim, Missão Velha, Santana do Carirí e Nova Olinda. E mais, de Juazeiro do Norte que é considerada a “Meca “ nordestina, cidade que atrai milhares de fiéis do Padre Cícero, homem cultuado como santo em todo o nordeste e do Brasil, como um todo.

O povo caririense nasceu sob o signo da cruz pois sua religiosidade vem do povoamento conduzido pela ordem dos capuchinhos que o fez moradores de uma região mística de encanto e fé, sua principal característica. O culto ao Padre Cícero é uma das maiores manifestações religiosas que se tem conhecimento. Da região, segue-a a de Santo Antônio, em Barbalha.

A diversidade cultural da região encanta a quantos a visitam. Uma singularidade que vem das misturas de diversas origens da cultura portuguesa, lendas indígenase as tradições religiosas. Então, há a afirmação de que o Carirí é uma verdadeira mistura da religiosidade, natureza e turismo científico que são conhecidos como um lugar cheio de surpresas que se integra numa grande áreas de proteção ambiental. E é neste cenário que que desponta uma imponente chapada que foi batizada pelos primeiros habitantes, os índios Kariris, como Araripe, que significa “lugar onde nasce o dia”. Um verdadeiro oásis em meio ao bruto sertão. A natureza reúne fáuna e flora, berço da primeira floresta nacional do país. Junto a elas, uma fantástica formação mineral, dotada da maior reserva fossilífera do mundo.

Mas, para você que quer se encantar com essa maravilha citada, o Carirí possui a melhor infraestrutura hoteleira do interior do estado, nela incluídos hotéis de serra, pousadas e resorts. Conta com uma culinária que encanta com os pratos típicos, nacionais e internacionais, com destaque para a “galinha caipira com pirão e pequi – uma fruta que se cerca de dezenas de maravilhas para a saúde – ou a carne de sol com o baião de dois”.

Dispõe de trilhas ecológicas, museus, teatros, centros culturais, templos religiosos, centros de produção de artesanato e mercados públicos. As procissões, cantorias, rituais e homenagens ecoam pelas ruas de Juazeiro do Norte. Nos demais, belezas monumentais, embaladas pelo clima ameno e a hospitalidade de seu povo atraem o visitante que vai em busca da região sul do Ceará. E de qualquer das principais capitais nordestinas, o Carirí está distante tão somente 600 quilômetros.

(OESTADO ONLINE)

Anúncios