Entrada do hospital onde o crime aconteceu | Foto: Osvaldo Praddo/ Agência O Dia

Um policial militar foi morto a tiros nesta terça-feira em uma suposta tentativa de assalto dentro de um hospital, no Engenho de Dentro, na Zona Norte do Rio de Janeiro, ao lado do Estádio do Engenhão.

O assassino fugiu levando o cordão de ouro do cabo Luiz Claudio de Souza Meneses, de 42 anos, que estava à paisana. Ele trabalhava na PM há 16 anos e seria promovido a sargento no mês que vem. 

Segundo a corporação, o cabo Meneses tinha ido ao anexo da unidade de saúde, próximo à estação de trens do Engenho de Dentro, buscar uma amiga que havia recebido alta. Ela tinha passado mal e buscado atendimento no hospital.

Quando deixava o saguão, o policial foi surpreendido na porta por um homem armado. O bandido teria exigido o cordão de ouro de Meneses. Ao fazer o movimento para tirar a jóia do pescoço, a arma que ele portava ficou à mostra. O criminoso então fez vários disparos.

Baleado, o cabo foi atendido na emergência do hospital, mas não resistiu. O bandido fugiu na garupa da moto de um colega que aguardava a ação na rua.

Policiais da Divisão de Homicídios assumiram as investigações do crime. Eles realizaram uma perícia no local e ouviram testemunhas. Imagens do circuito interno do Hospital Memorial serão utilizadas para tentar identificar o assassino.

(band.com.br)

Anúncios