Sobe para 16 o número de pessoas presas suspeitas de participar de fraudes em licitação na cidade de Paraipaba nesta terça-feira (27), de acordo com o delegado Edmo Leite. Os mandados de prisão, busca e apreensão foram cumpridos pelas polícias militares e civil na manhã desta terça-feira nas cidades de itapajé, Gauiúba, Paracuru e Fortaleza.

Segundo o delegado da Polícia Civil, foram presos oito homens e oito mulheres, entre secretários e servidores municipais da tesouraria e procuradoria da cidade de Paraipaba. Segundo denúncia do Ministério Público do Ceará, os servidores são suspeitos de fraudes em licitação. A polícia ainda investiga o total de dinheiro desviado no esquema.

As fraudes, de acordo com o Ministério Público, envolviam as secretarias de Educação, Saúde, Cultura, Infraestrutura e Obra, Administração e Finanças, além da chefia de gabinete da prefeitura de Paraipaba.

Segundo procurador Eloylson Landim, da Procuradoria dos Crimes Contra a Administração Pública (Procap), as investigações dos crimes estão em fase inicial, e não há detalhes sobre o tipo do serviço fraudado nas licitações e o valor desviado.

Os policiais fizeram apreensão de documentos, computadores e celulares, que serão investigados e podem armanezar dados sobre o esquema de corrupção, segundo o delegado. Na residência de um dos secretários, foram apreendidas também duas armas de fogo, uma pistola e um revólver, ambos com munição.

Ainda de acordo com o delegado, os suspeitos estão presos na Superintedência da Polícia Civil, em Fortaleza. Eles devem realizar exames de corpo de delito, assim como todo o procedimento de prisão.

De acordo com o Ministério Público, as prefeituras de “mais da metade” das 184 cidades do Ceará podem estar envolvidas em esquemas de fraude em licitação. Em 2011, três prefeitos e dezenas de secretários e servidores foram presos por suspeita de corrupção. Segundo o Ministério Público, as prefeituras envolvidas fecharam negócio com um empresário suspeito de chefiar um esquema de fraude em licitação em várias cidades do Ceará.

(G1 CE)