André Victor Rodrigues
Portal Esportes O POVO

A maior organização de artes marciais mistas do mundo pode ter uma de suas edições em terras cearenses. Motivado pelo elogiado andar das obras para a Copa de 2014, o governador Cid Gomes, desde novembro do ano passado, encarregou o secretário de Esporte do Estado, Gony Arruda, com a missão de articular o Ultimate Fighting Championship (UFC) em Fortaleza, no Centro de Eventos, ainda em 2012.

Em entrevista ao Portal Esportes O POVO, Gony Arruda explicou como se deu o início da proposta. “Na realidade, o governador ano passado tinha demonstrado o interesse e me passou isso. Planejava trazer o UFC para o Centro de Eventos. Uma semana depois, quem comprou os direitos foi o Eike Batista, que conheço desde os anos 1980”.

O empresário Eike Batista anunciou a compra dos direitos do UFC no Brasil após sua empresa IMX, junção entre o Grupo EBX e a IMG Worldwide, adquirir a Brasil1 Esportes & Entretenimento, em dezembro de 2011. Eike apresentou Gony Arruda ao CEO da empresa, Alan Adler.  

“Ele (Eike) me apresentou o Alan Adler. Ele era presidente da Brazil1 que detinha os direitos, agora integra a IMX. Estive com eles em dezembro no UFC Rio. Ficamos de ter uma reunião ontem (quinta-feira) mesmo, mas tivemos que cancelar. Esperamos fechar isso em fevereiro, mas, devido ao carnaval, a decisão também pode sair em março”.  

Apesar da realização do evento não estar acertada, para Gony Arruda são grandes as chances de Fortaleza receber o maior evento de MMA do mundo. “É uma possibilidade, mas está muito próximo disso. A informações divulgadas antes sobre a possibilidade do evento não estão completas. Vai ser um evento internacional, não é um evento nacional do Eike Batista. Ou é o UFC ou não é nada”.

O secretário completou dizendo que ainda não levou a proposta ao chefão do UFC, Dana White. Porém, garante ser forte a possibilidade de ter uma edição na Capital ainda no final do ano. “Seguiremos trabalhando com a possibilidade de 2012. Não tivemos contato com o Dana White. Estive, inclusive, na mesma área que ele no UFC Rio, mas não conversamos sobre isso”.

(O POVO ONLINE)

Anúncios