Por Jorge Lourenço, do Jornal do Brasil Online

Na mesma semana em que alguns partidos começaram a veicular seus programas na televisão, a Rede Globo estreou a minissérie “O Brado Retumbante”. Entre críticas e acertos, os políticos de esquerda não perderam tempo em apontar a verdadeira identidade do protagonista: o senador Aécio Neves (PSDB-MG).

Bon-vivant

O presidente acidental da atração, Paulo Ventura, é um bon-vivant mulherengo incorruptível que chega ao posto máximo da política brasileira após a morte do presidente e do seu vice na mesma viagem. Desde a semelhança física até o estilo, é Aécio da cabeça aos pés.

O Rio de Janeiro continua lindo…

A suposta transferência da capital de Brasília para o Rio de Janeiro, dizem as más línguas, também agradaria bastante a Aécio. Seus opositores em Minas costumam dizer que ele comandava o estado da capital fluminense.

Bola fora

Detalhe técnico que o seriado omitiu: presidente e vice não podem viajar juntos.

Anúncios