O paraense Yuri Alcântara conseguiu a segunda vitória dentro do Ultimate Fighting Championship. Com uma exibição excelente, “Marajó”, como é conhecido, venceu o japonês Michihiro Omigawa por decisão unânime dos juízes (30/27, 29/28 e 30/27) e embalou dentro do principal evento de MMA do planeta. O outro triunfo do peso pena havia sido justamente em agosto do ano passado, na primeira edição da marca dos irmãos Fertitta e de Dana White em solo carioca.

Marajó controlou os três primeiros minutos do round inicial com grande tranquilidade. Trabalhando bem os socos e atingindo a distância necessária para atingir o rival, o paraense conseguiu ser agressivo e quase nocautear. Especialista em judô, o japonês conseguiu sair de uma quase derrota para uma posição favorável no chão, evitando um revés por 10 a 8 na parcial.

No final do round, Marajó encaixou uma chave de braço e por pouco não decretou a primeira finalização da história do Ultimate no Rio de Janeiro – Omigawa acabou salvo pelo gongo, sobrevivendo pelo menos durante o final da parcial inicial.

Marajó seguiu extremamente dominante durante o segundo round. Trabalhando com eficiência o ground and pound, o brasileiro permaneceu montado sobre Omigawa durante a maior parte dos cinco minutos. O paraense atingiu o japonês com cotoveladas e minou qualquer tentativa de reação do adversário, que até escapou de outra finalização – desta vez, uma guilhotina.

A alta intensidade apresentada nos primeiros rounds acabou prejudicando o brasileiro na última parcial. Visivelmente exausto por conta dos dez primeiros minutos de combate, Marajó administrou o resultado, buscando o jogo em pé com uma maior cautela.

Já Omigawa, também cansado, procurou a reação ao conseguir se posicionar por cima do brasileiro nos instantes finais. Nada que interferisse no resultado final do terceiro combate da noite.

(Via Portal Terra)