O brasileiro Felipe “Sertanejo” Arantes conseguiu a primeira vitória do País, logo na primeira luta do card preliminar do UFC 142, na HSBC Arena, no Rio de Janeiro, neste sábado. Trabalhando uma boa variação de jogo em pé e no chão (especialmente com um ótimo ground and pound), o paulista venceu o canadense Antonio “Pato” Carvalho por decisão unânime dos juízes (29/28, 29/28 e 29/28), em duelo pelos pesos penas, e se emocionou, dedicando a vitória ao público presente.

Pressionado por conta da derrota para Yuri Marajó na estreia no UFC, justamente na primeira edição carioca, Arantes se recuperou com uma ótima exibição nos dois rounds finais. Seguro, o brasileiro trabalhou bem a luta em pé e, especialmente, no chão, quando conseguiu neutralizar as quedas do rival e acertar boas cotoveladas. Depois de acabar o combate e chorar em cima da grade, o jovem lutador dedicou o resultado aos torcedores. “Vou ser sincero: não venceria essa luta se não fossem vocês. Muito obrigado”.

O público compareceu em bom número à HSBC Arena para prestigiar o primeiro combate da noite. Ao baixar a luz e iniciar o cerimonial para a entrada dos dois primeiros lutadores, os torcedores gritaram e transformaram o clima do local. Saíram as músicas, todas em um volume altíssimo, para a entrada do apoio ao brasileiro Felipe Sertanejo, primeiro a representar o País na noite deste sábado.

Primeiro a entrar na arena, o canadense Antonio Pato foi hostilizado pela torcida, sendo recepcionado sob vaias e os gritos de “uh, vai morrer”. Já Felipe Arantes, com a tradicional música de sua carreira, Amor não vai faltar, de Bruno e Marrone, e um chapéu de cowboy, foi ovacionado.

Empolgado pelo apoio da torcida, Sertanejo entrou em desvantagem logo ao buscar a pressão sobre o adversário. O brasileiro caiu com as costas no chão, posição que favoreceu ao canadense, que procurou trabalhar joelhadas. Em seguida, Pato montou sobre Arantes. O brasileiro, no entanto, conseguiu sair e retornar à luta em pé, trabalhando bem o muay thai até o fim do round.

Felipe retornou mais agressivo para a segunda parcial, variando socos rápidos com chutes altos. O brasileiro conseguiu encaixar bons golpes e equilibrar o combate. Intimidado com o muay thai de Sertanejo, Carvalho atuou mais apostando nos contra-ataques, os quais não tiveram nenhum efeito no lutador nacional.

Derrotado no jogo em pé por Sertanejo, Pato retomou a estratégia de buscar a queda sobre o brasileiro. Entretanto, ao contrário do que ocorrera na parcial inicial, Felipe conseguiu evitar a tentativa do rival e cair por cima. A posição favorável permitiu ao atleta nacional trabalhar bem o ground and pound, com uma boa sequência de cotoveladas, as quais acabaram ferindo o canadense.

Após o combate, o brasileiro comemorou antes do anúncio do resultado oficial, subindo na grade do octógono e chorando por conta do apoio da torcida brasileira, que teve uma participação intensa logo no primeiro combate da noite deste sábado.

(Por José Edgar de Matos – Portal Terra)