O livro “A Privataria Tucana”, do jornalista Amaury Ribeiro Junior, chegou ao topo da lista de mais vendidos na primeira semana de 2012. Desde o começo de janeiro, o livro vendeu 8.851 cópias contra 6.011 de “Steve Jobs” e 5.862 de “As Esganadas”. 

Sofrimento virtual

Desde o lançamento do livro, o ex-ministro José Serra (PSDB-SP) é bombardeado nas mídias sociais. Qualquer vírgula dele é estopim para que usuários repliquem pedindo respostas sobre “A Privataria Tucana”. O político é o principal alvo das denúncias do livro de Amaury, cujo tema central é a farra das privatizações na Era FHC. 

(Jorge Lorenço – JB Online)

Anúncios