Motoristas e cobradores de ônibus coletivos em Fortaleza podem paralisar atividades na manhã desta terça-feira (3), segundo informações do presidente Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado do Ceará (Sintro), Domingos Neto.

De acordo com Domingos Neto haverá uma reunião entre a categoria nesta manhã para decidir o rumo das atividades. O presidente do Sintro disse ao Diário do Nordeste Online que os profissionais estão sem segurança devido a paralisação dos policiais militares. “Estamos sem segurança. Já foram registrados vários assaltos na última noite [segunda-feira]. Existe realmente a possibilidade de paralisação”, disse.

O Sintro entrou em contato com o presidente do Sindiônibus, Dimas Barreira, mas sem sucesso. Domingos Neto afirma que a intenção da categoria é parar, se não houver acordo. “Quando a gente anuncia uma greve, o Sindiônibus coloca inúmeros seguranças nos terminais, agora que a gente está precisando, nada é feito”.

O Diário do Nordeste Online também tentou entrar em contato com o Sindiônibus assim também com sua assessoria, mas não houve sucesso.

Domingos Neto confirmou ainda que pelo menos sete assaltos foram registrados na noite desta segunda nas linhas do Antônio Bezerra, Pio Saraiva, Conjunto Ceará, Aldeota e Castelão.

(DIÁRIO DO NORDESTE)