247 – Não, a voz de Michel Teló não está apenas no YouTube, nos bares, nas festas de formatura e nos carros que passam com o som no último, com a famosíssima “Ai se eu te Pego”. O cantor de sertanejo universitário natural de Medianeira, no Paraná, há meses atravessou as fronteiras do País. Nesta quinta-feira, ele é tema de um artigo da Forbes, pelo qual é chamado de “um fenômeno da internet”. O texto, assinado pelo jornalista brasileiro Anderson Antunes, aponta que Michel Teló segue a lista de celebridades mundiais que explodiram na web, que traz o jovem canadense Justin Bieber e a odiada Rebecca Black.

O artigo define a fama do sertanejo como um divisor de águas para o Brasil, que há tempos não “exporta” um artista para o mundo. O exemplo mais bem sucedido foi Carmen Miranda, nos anos 40, quando a cantora tomou Hollywood de assalto. No início dos anos 90, Xuxa Meneguel foi considerada um quase sucesso, visto que chegou a fazer parte da lista dos 40 animadores mais bem pagos do mundo da revista, no 39º lugar, em 1991. O fracasso se deu há não muito tempo, quando a rainha dos baixinhos, que tinha um contrato assinado com a CBS para gravar a versão americana de seu programa infantil, teve a atração cancelada por reclamações de pais, que argumentaram que a apresentadora usava ‘pouca roupa’. Depois delas vieram os bem sucedidos Gisele Bündchen, Ronaldinho Gaúcho e Ronaldo.

Após tanto tempo, graças à internet, o Brasil está de volta ao topo com a fama do paranaense que teve sua cativante e repetitiva “Ai se eu te Pego” assistida por mais de 94 milhões de vezes no YouTube. O vídeo tem sido traduzido e legendado para várias línguas, incluindo inglês, polonês, grego e hebraico. A música também foi, de longe, a mais tocada em algumas rádios mundiais nesse ano, e se tornou o hit número 1 no iTunes em países como Portugal, Itália, Espanha, Alemanha, Polônia, Argentina, Chile, Colômbia e Peru (ironicamente, no Brasil, Michel Teló está em segundo lugar, atrás da inglesa Adele).

O cantor também é ídolo de celebridades como o tenista Rafael Nadal, a estrela do Real Madrid, Cristiano Ronaldo, que fez a coreografia da música em campo quando marcou o primeiro gol contra o Málaga FC, em 22 de outubro, e de várias estrelas do Denver Nuggets, equipe da NBA pela qual joga o brasileiro Nenê. A dança dos grandalhões foi parar no site oficial da liga de basquete. Nas palavras da Forbes, Michel Teló, representado pela Universal Music, é, no mínimo, um artista talentoso e uma estrela brasileira.

 (PORTAL BRASIL 247)

Anúncios