Adele é a artista mais vendida do ano. O segundo disco da cantora, “21”, é não só o disco mais vendido do ano como o mais procurado nos últimos sete anos nos Estados Unidos. Em termos globais, falamos de mais de 13 milhões de exemplares vendidos desde que o álbum foi lançado em Fevereiro.
A cantora de 21 anos conseguiu ainda a proeza de colocar o seu primeiro disco, “19”, no segundo lugar da contagem de álbuns mais vendidos em 2011 no Reino Unido. “21” também passou a ser o registo mais vendido desde o início do século em terras da Velha Albion, relegando “Back to Black” de Amy Winehouse para a segunda posição.

Voltando às contas globais, falamos agora de Lady Gaga. A norte-americana ficou no segundo lugar com mais de 8 milhões de cópias vendidas do segundo disco, “Born This Way”.

Adele dominou tanto nas vendas físicas como nas digitais. A britânica é a mais vendida do ano na Amazon e no iTunes. ‘Rolling in the Deep’ é também o single mais vendido do ano na loja da Apple. Já na Amazon, o primeiro lugar ficou para os LMFAO por ‘Sexy and I Know It’.

‘Rolling in the Deep’ é também o single mais vendido do ano nos Estados Unidos.

Na tabela de singles do Reino Unido, a campeã no número de semanas no topo é Rihanna com ‘We Found Love’. A estrela dos Barbados esteve seis semanas no número um da contagem. Adele, com ‘Someone Like You’, esteve cinco semanas.
Quanto a digressões, quem mais encaixou este ano foram os U2, com a 360º Tour. A tournée encabeça também a lista dos périplos mais lucrativos de sempre com cerca de 150 milhões de euros de receitas. Curiosamente, a campeã de vendas do ano, Adele, nem aparece no top ten desta contagem. Mas em casa, na Inglaterra, os concertos de Adele foram os mais procurados do ano. Rihanna e Paul McCartney seguem a jovem cantora nesta lista.
(PORTAL COTONETE – PORTUGAL)
Anúncios