PORTAL EXAME

São Paulo – O uso intensivo de defensivos agrícolas na produção de alimentos no Brasil tem gerado preocupações no âmbito da saúde pública. Pesquisa da Agência Nacional de Vigilância Sanitária divulgada nesta quarta encontrou níveis elevados de resíduos agrotóxicos em quase um terço (28%) das frutas, vegetais e hortaliças analisadas.

O pimentão, o morango e o pepino lideram o ranking dos alimentos com o maior número de amostras contaminadas, durante o ano de 2010, segundo o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos de Alimentos (Para). Mais de 90% das amostras de pimentão analisadas apresentaram problemas.

No caso do morango e do pepino, o percentual de amostras irregulares foi de 63% e 58%, respectivamente. Os dois problemas detectados foram teores de resíduos de agrotóxicos acima do permitido e o uso de defensivos não autorizados para estas culturas.

Em 2010, o Para monitorou o resíduo de agrotóxicos em 18 culturas. As amostras foram coletadas em 25 estados do país e no Distrito Federal. Apenas São Paulo não participou do programa em 2010. Confira na tabela abaixo os 10 alimentos campeões em agrotóxicos:

 

 Alimentos  % amostras reprovadas
 Pimentão   91,8%
 Morango  63,4 %
 Pepino  57,4%
 Alface  54,2%
 Cenoura  49,6%
 Abacaxi  32,8%
 Beterraba   32,6%
 Couve  31,9%
 Mamão  34,4%
 Tomate  16,3%