Um policial do Grupo Ronda de Ações Intensivas e Ostensivas (Raio) morreu com um tiro acidental disparado por outro policial, na madrugada desta terça-feira, 29. O acidente aconteceu por volta de 1 hora da madrugada.

Segundo informações do comandante do Raio, major Francisco Márcio de Oliveira, o soldado, Alisson Wendel, dava carona para outro policial em uma motocicleta. O veículo caiu ao desviar de um acidente, na altura do viaduto que dá acesso à avenida Senador Carlos Jereissati.

Ainda de acordo com o major Márcio, com a queda, a arma do colega que estava na garupa disparou, atingindo Alisson na cabeça, com um tirode pistola calibre ponto 40. Segundo o major, a arma possui sistema de travamento, mas a Polícia não sabe se a arma estava destravada.

O soldado autor do disparo se apresentou espontaneamente no 2º Distrito Policial (Papicu), onde prestou depoimento. O major Márcio informou ainda que será aberto um inquérito nas polícias Civil e Militar para investigar o caso. O soldado deve ficar afastando das funções durante o andamento das investigações.

Alisson Wendel era casado e atuava no Grupo Raio há dois anos e três meses, conforme o comandante.

 (O Povo Online)

Anúncios