Ao menos três pessoas morreram após um barco com cerca de 60 imigrantes ilegais afundar perto do porto de Brindisi (sudeste da Itália), disseram fontes dos serviços de resgate citadas pela imprensa italiana.

Segundo esses informes, cerca de uma dezena de corpos foram vistos na região do naufrágio, enquanto outros imigrantes eram resgatados ou chegavam à costa por seus próprios meios.

O jornal La Repubblicainformou em seu site que os imigrantes eram na maioria paquistaneses e que o barco tinha partido da Turquia. Completou que uma forte tempestade havia empurrado a embarcação contra as rochas e que um residente local deu o alerta às equipes de resgate.

Segundo a imprensa local, ao menos três pessoas morreram e muitas ficaram feridas.

(AFP)

Anúncios