O lutador Júnior dos Santos, 27 anos, volta ao octógono no sábado, 12 de novembro, para viver o maior desafio da sua vida: vencer o campeão Cain Velasquez e conquistar o cinturão dos Pesos-Pesados do Ultimate Fighting Championship (UFC).

Nascido em Caçador (SC), Júnior adotou Salvador como sua casa há cerca de nove anos. Na capital baiana, descobriu o esporte e passou a praticar Jiu-Jitsu e Boxe. Hoje, “Cigano”, como ficou conhecido, é um dos maiores nomes do MMA brasileiro, e pode tornar-se em breve campeão do UFC, o principal torneio da modalidade no mundo.

A luta acontece na cidade de Anaheim, nos Estados Unidos. Porém, Cigano está tranquilo quanto a pressão da torcida americana. “Sei que vai ter muita gente torcendo por ele, mas sei também que vai ter muita gente torcendo por mim. E é essa energia que eu quero trazer para mim. Energia boa, positiva, que vai me fazer bem. A outra energia, ruim, eu não quero, pode segurar para eles”, afirma.

Não à toa, Cigano escolheu a Academia Champion, no bairro da Cidade Nova, para se preparar para o maior desafio da sua curta carreira (que tem 13 vitórias e apenas uma derrota). Treinado por um de seus mentores no MMA, o ex-pugilista campeão mundial Luiz Carlos Dórea, Júnior afia o boxe e a luta de chão, especialidade do seu adversário.

“Vou fazer o cinturão do UFC virar brasileiro”: confira entrevista com Júnior Cigano

Cain Velasquez, americano com ascendência mexicana, é considerado um dos maiores lutadores do mundo. Se vencê-lo, Cigano será o décimo lutador brasileiro a tornar-se campeão do UFC. Ele junta-se a lendas da estirpe de Royce Gracie, Anderson Silva, Maurício Shogun, José Aldo e seu ídolo pessoal, o baiano Rodrigo “Minotauro” Nogueira.

Antes mesmo da luta começar, Cain Velasquez vs. Júnior Cigano já entrou para a história. O evento será o primeiro do UFC a ser transmitido em TV aberta, pelo canal FOX, o mais popular nos Estados Unidos. No Brasil, porém, a cobertura é exclusiva do canal por assinatura Combate.

O que é MMA – O Mixed Martial Arts (Artes Marciais Mistas, em inglês), também conhecido no Brasil como Vale-Tudo, surgiu por iniciativa da família Gracie, brasileiros criadores de um estilo de jiu-jitsu diferenciado conhecido como Gracie Jiu-Jitsu ou Jiu-Jitsu Brasileiro. Por volta dos anos 30, os Gracie trouxeram para o Brasil lutadores de diferentes estilos para desafiá-los, afim de provar a supremacia da arte marcial que haviam criado.

Mais tarde, os descendentes da família continuaram o legado e levaram seus desafios para os Estados Unidos. Lá, o esporte conseguiu a oficialização e surgiu o maior evento da modalidade: o Ultimate Fighting Championship. Hoje, o UFC, como é conhecido, é um dos maiores eventos esportivos do mundo e tem, entre seus principais lutadores, brasileiros como Anderson Silva, José Aldo, Lyoto Machida e Júnior “Cigano” dos Santos.

(A Tarde Online)

Anúncios