O Santander Brasil anunciou nesta quinta-feira (27) ter registrado, no terceiro trimestre, lucro líquido de R$ 1,8 bilhão, queda de 13,5% em relação ao verificado nos três meses anteriores.

A franquia do banco espanhol no país apresenta seus resultados pelo modelo contábil IFRS, padrão internacional.

O maior banco privado de capital estrangeiro no país tinha em setembro uma carteira de crédito de R$ 184,788 bilhões, alta de 20% na comparação anual.

Na mesma base de comparação, o índice de inadimplência da carteira ficou em 6,7% entre julho e setembro, ante 6,1% em igual etapa de 2010.

As despesas com provisões para perdas esperadas com calotes somaram R$ 2,703 bilhões no trimestre, uma alta de 17,5% na comparação com o segundo trimestre.

O Santander Brasil encerrou setembro com ativos totais de R$ 414,983 bilhões, aumento anual de 16%.

(G1)